Blog

Otite recorrente: o que fazer?

A otite é uma infecção no ouvido bastante comum em crianças na faixa etária entre 6 meses até 3 anos de idade. No entanto, é preciso estar atento: se a doença se manifestar mais de três vezes ao ano, pode ser que seja uma condição crônica.

.

O maior problema é que a otite recorrente pode ter sérias consequências como a perda da audição, perfuração da membrana do tímpano ou desenvolvimento de colesteatoma, um tipo de tumor benigno.

.

Existem dois principais tipos de otite. Na otite externa a infecção afeta o conduto auditivo, causando sintomas como dor aguda, coceira, ausência de cera, surdez temporária e secreção. Já a otite que afeta o ouvido médio causa febre, zumbido, sensação de pressão, acúmulo de líquido na orelha, inchaço e vermelhidão.

.

O tratamento ideal vai depender do tipo de otite, por isso é importante que o diagnóstico seja feito por um médico especialista. Na maior parte dos casos é indicado o uso de antibióticos, porém as vezes é preciso colocar um tubo de carretel no tímpano para drenar a secreção.

.

E você, já sofreu com otite? Adultos também podem apresentar a doença, por isso fique atento a presença de qualquer um dos sintomas e procure tratamento médico especializado.

____

📌Dr. Diego Pizzamiglio – Otorrino Curitiba

📌CRM-PR 23.174 | RQE-PR 1440

📱Clínica CEOM  – Unidade IPO Jardim das Américas: 41. 3267-4654

📱Hospital IPO: 41. 3314-1500

📱Unidade IPO São José: 41. 3081-6700

📱Unidade IPO Campo Largo: 41.3555-3580

7 de setembro de 2020 , , , , ,
Sobre combustiva

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *