Blog

Apneia prejudica desenvolvimento de crianças

Essa é uma queixa frequente das mães em consultório. De acordo com um estudo conduzido pela American Academy of Pediatrics (com 11 mil pacientes pediátricos), crianças com distúrbios respiratórios do sono têm de 40% a 100% mais probabilidade de apresentar sinais de hiperatividade, problemas de interação, concentração, agressividade e incapacidade de seguir regras, problemas comportamentais semelhantes às com diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade.

Isso pode acontecer, uma vez que o desenvolvimento neurocognitivo, regeneração celular e crescimento de tecidos e ossos ocorrem durante o estágio do sono profundo. Quando problemas respiratórios impedem que a criança atinja o sono profundo, o corpo não consegue iniciar esses processos.

Nós sabemos que nosso corpo descansa enquanto dormimos e, ao pensar em uma criança dormindo, pensamos num “anjinho” (isto é, calmo, sereno, sem roncar, sem se mexer, sem suar… ); porém, se a criança está roncando, ela está fazendo esforço com o corpo para respirar e, se ela está se virando muito na cama, ela também está fazendo esforço ao dormir, isto é, o corpo dela não está descansando. Com isso, aumenta a chance de déficit de atenção, atraso na escola, o coração da criança trabalha mais (aumenta chance de doenças cardíacas…).

Por isso, é importante que desce cedo os pais prestem atenção a respiração da criança durante o sono e busquem a ajuda de otorrinolaringologista o quanto antes.

____

📌Dr. Diego Pizzamiglio – Otorrino Curitiba
📌CRM-PR 23.174 | RQE-PR 1440
📱CEOM Curitiba: 41. 3267-4654
📱Hospital IPO: 41. 3314-1500
📱Hospital IPO – São José: 41. 3081-6700
📱Hospital IPO Campo Largo: 41.3555-3580

20 de março de 2020 , , , ,
Sobre combustiva

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *